O que é arrendamento?

Hoje, vamos falar sobre o que é arrendamento. Vamos entender o conceito desta modalidade, em quais mercados ela se aplica e suas principais características. A ideia é simplificar para que você saiba do que se trata quando precisar escolher.

Cessão, a chave para entender o que é arrendamento

Antes de tudo, é muito importante você ter mente que sempre que for falado sobre o que é arrendamento, falaremos sobre cessão.

Afinal, arrendamento nada mais é do que um tipo de negociação em que uma pessoa, a dona do bem, cede para outra pessoa o uso deste bem por um tempo determinado, em troca de algum pagamento. Ou seja, num arrendamento existem dois lados:

  • O arrendatário, que é quem vai usar do bem arrendado, quem contrata a cessão do bem.
  • O arrendador, que é dono do bem e cede o direito de uso para o arrendatário.

Durante o contrato, o arrendatário pagará da forma periódica estipulada pelo uso do bem e também é responsável pela manutenção e despesas do bem em questão.

Certo, ao ler isso, você deve estar pensando que é muito parecido com um aluguel, e na verdade é mesmo, mas tem uma diferença básica. E isso nos leva ao próximo tópico:

Arrendamento x Aluguel

Para que você entenda o que é arrendamento, esse parágrafo a seguir precisa ser decorado. Vamos lá?

No arrendamento, o arrendatário tem a possibilidade já em contrato de, ao final do tempo contratado, comprar o bem em definitivo.

É aí que mora a grande distinção entre aluguel e arrendamento, o arrendatário (usuário do bem) pode usar parte do que já investiu ao longo do arrendamento para abater o valor final da compra deste bem.

Os bens que podem ser arrendados são muitos, e existem alguns tipos diferentes de arrendamento.

Como consultar o cadastro positivo?

Tipos de arrendamento

Agora vamos listas os tipos mais comuns de arredamentos usados no mercado para diversos tipos de bens e objetos:

  1. 1. Arrendamento rural: é quando o arrendatário contrata o direito de usar, totalmente ou de forma parcial, uma propriedade rural. É muito comum para desenvolvimento de plantações ou atividades da pecuária. É importante que o contrato obedeça a todas as normas agrárias vigentes no país. Além da terra, pode incluir o arrendamento de equipamentos.
  2. 2. Arrendamento urbano: seguindo a mesma lógica, o arrendador cede o uso de espaços urbanos, como apartamentos, lajes ou prédios para os arrendatários.
  3. 3. Arrendamento mercantil: também chamado de leasing, é muito comum para o arrendamento de carros. Neste caso, o arrendador cede o uso do veículo para o arrendatário, mas por um prazo já determinado e, ao fim deste prazo, é possível comprar o automóvel. Há também bancos que adquirem bens e repassam para o arrendatário usar enquanto paga de forma parcelada pelo bem, ficando ao fim do contrato com a possibilidade de comprá-lo, como uma espécie de modalidade de financiamento.
  4. 4. Arrendamento royalty: aqui o objeto do arrendamento não é um bem físico, mas intangível como direitos e patentes, por exemplo. Uma pessoa que inventa um produto pode arrendar a exploração comercial para outra pessoa, mediante o recebimento de royalties desta invenção.
  5. 5. Arrendamento comercial: é basicamente o arrendamento de uma loja, ou qualquer ponto comercial. O arrendatário contrata, mediante um pagamento, o direito de usar o imóvel para fins comerciais.Agora que você está expert em explicar o que é arrendamento, que tal visitar nosso site e conhecer mais sobre os nossos serviços?

    Nós podemos te oferecer soluções em consultas de CPF e CNPJ para análise de crédito, e informações cadastrais e dívidas de veículos. Localização de pessoas e empresas para marketing e cobrança. Acesse agora!

Sending
User Review
0 (0 votes)

Brasil Consultas

Sistema Online de consultas de dívidas e informações cadastrais de CPF, CNPJ e Veículos.