Como faço para trabalhar no corpo de bombeiros?

Como faço para trabalhar no corpo de bombeiros?

Quando falamos a palavra “herói”, a primeira coisa que relacionamos é a profissão de bombeiro.

Esses profissionais são os mais capacitados no que diz respeito ao salvamento de vidas além, é claro, de seus atos de bravura.

Desde de 2009, o corpo de bombeiros é considerado a instituição mais confiável pelos brasileiros e, por esse motivo, é crescente a procura por essa profissão.

Porém, é preciso que se esteja ciente que, para se tornar um bombeiro, além de muito estudo, o candidato também precisará de um bom condicionamento físico, além de também não ter contravenção penal, exigido em qualquer carreira militar.

Como se tornar Bombeiro

Existem dois tipos de bombeiros: o militar e o civil.

O militar trabalhará pela organização para o seu estado e proteger a sua sociedade através de resgate e salvamento de vidas, combate à incêndios florestais e urbanos, além de prevenções em áreas de risco.

Já o civil trabalhará para a iniciativa privada, cuidando de prevenções de riscos em eventos, shoppings e empresas em geral.

Para se tornar bombeiro civil, é necessário que o interessado faça um curso de formação em alguma instituição especializada que irão ensinar todas as normas contidas na NBR 14608, além de conceder conhecimentos sobre uso de Equipamento de Proteção Individual (EPI), fazer análises de risco, primeiros socorros, salvamentos em alturas e terrestres além, é claro, de prevenção e combate a incêndios.

Como o bombeiro civil não seguirá a carreira militar, ele poderá somente trabalhar em conjunto com a corporação.

Já para ingressar como bombeiro militar será necessário prestar concurso público, que é apresentado através de edital estadual e esse processo, em geral, possui quatro fases:

Fase 1:O candidato realizará provas de conhecimentos gerais e específicos, com questões objetivas e redação.

Fase 2: Se o candidato for aprovado na Fase 1, ele será submetido a testes físicos que contará com atividades como corrida, elevação do próprio corpo e natação.

Fase 3: Aprovado nas duas primeiras fases será a vez de realizar a investigação social do candidato, que irá comprovar que ele não teve ou têm envolvimento com qualquer crime ou contravenção penal, pois isso não é permitido em qualquer carreira militar.

Fase 4:Por último, será realizada uma avaliação médica do candidato para examinar as condições de saúde física e mental, além também de ser analisado se o candidato não possui tatuagens que façam apologia ao crime, ao racismo ou atente contra as instituições democráticas.

Tudo certo, o candidato já inicia o curso de formação que tem duração estipulada em dois anos já contando com a remuneração do Corpo de Bombeiros Militar do estado.

O salário de um bombeiro é em média de R$ 2,5 mil e pode chegar até R$ 11 mil, dependendo do nível hierárquico.

Sending
User Review
0 (0 votes)

Brasil Consultas

Sistema Online de consultas de dívidas e informações cadastrais de CPF, CNPJ e Veículos.

Adicione um comentário