Como acionar seguradora após colisão?

Como acionar seguradora após colisão?

Comprar um carro como um meio de transporte requer um importante investimento financeiro nos dias atuais. Portanto, ter um seguro veicular é fundamental para garantir a proteção desse patrimônio tão sonhado.

Por ser um meio de transporte muito exposto a riscos de colisão e outros tipos de acidentes, o seguro veicular proporciona ao assegurado a garantia de assistência veicular tanto em casos de perda parcial, quanto em casos de perda total do veículo.

No entanto, muitas dúvidas surgem quando há algum tipo de colisão do veículo e o assegurado precisa entrar em contato com a seguradora para ativar o seguro do veículo.

Quando acionar o seguro?

A primeira questão que deve estar bem esclarecida é o que o seu seguro cobre. Ou seja, é importante verificar no contrato do seguro quais os tipos de acidentes ou danos que a seguradora cobre, para então pensar em acioná-la.

Outra questão importante é identificar se o custeio do dano sofrido compensa o acionamento do seguro, devido à taxa de franquia que precisa ser paga. Esse tópico falaremos mais detalhadamente a seguir.

Algumas outras dúvidas também são muito comuns, como por exemplo: o que fazer logo após a colisão do veículo? É preciso realizar um boletim de ocorrência? Quais os documentos necessários para acionar o seguro?

Por isso, foi pensando nessas dúvidas tão frequentes que separamos nesse post 5 passos essenciais para acionar a seguradora em casos de colisão. Confira!

1 – Identifique a gravidade da situação

O primeiro passo a ser realizado após uma colisão é verificar se há a possibilidade de sair do carro e sinalizar o local do acidente com o triangulo de sinalização, para que outros veículos possam identificar o acidente e assim não gerar novas colisões.

Em seguida, é importante verificar se há vítimas feridas no local e, sem movê-las para evitar danos maiores, acionar urgentemente o SAMU ou o corpo de bombeiros para a realização dos primeiros socorros.

Caso o acidente não tenha sido grave e não haja vítimas no local, é importante acionar a polícia local para que um boletim de ocorrência seja feito, ainda mais se existir a participação de terceiros no ocorrido.

Quando prestado o socorro inicial pelo acionamento do SAMU ou dos bombeiros, e após acionar a polícia, é preciso iniciar a organização da documentação necessária para então acionar o seguro.

2 – Registre um boletim de ocorrência e tenha os documentos necessários em mãos

O segundo passo essencial é realizar o boletim de ocorrência (B.O.) junto à polícia. Caso a colisão tenha ocorrido contra outro carro, é importante solicitar os dados das pessoas que também estavam envolvidas, além de pedir relato de testemunhas que possam estar no local.

O boletim de ocorrência é mais indicado em casos onde há o envolvimento de outras pessoas no acidente e que essas pessoas precisem de indenização devido ao ocorrido. Por isso, após a realização do B.O, é preciso entregar uma cópia para os terceiros.

Após a realização do boletim de ocorrência, alguns documentos serão necessários para o acionamento do seguro.

Cada seguradora pode exigir diferentes tipos de documentos, sendo os mais comuns: cópia do RG, cópia do CPF, cópia da CNH, cópia do documento do carro, o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) e o boletim de ocorrência com o registro do acidente.

Além disso, é necessário verificar no contrato com a seguradora se esta cobre o acidente em questão e se o valor cobrado na franquia é menor do que o valor que seria pago para pequenos consertos.

3 – Entre em contato com a seguradora

Após verificar se a seguradora cobre o acidente em questão, é hora de contatar a seguradora.

O contato com a seguradora pode ser realizado através do número do canal de atendimento disponibilizado pela empresa, ou então por e-mail, chat, aplicativo, entre outros canais disponibilizados.

Por isso, sempre mantenha o número da seguradora no carro e em outros locais, como celular e carteira, para facilitar o contato em casos de emergência.

4 – Leve o carro à oficina para realização de vistoria

Após enviar os documentos necessários para a seguradora poder autorizar o acionamento do seguro, é hora de levar o carro para a oficina para que a vistoria seja realizada.

A vistoria do veículo é fundamental, pois é ela quem analisará o que deve ser realizado durante o conserto do veículo.

Durante a vistoria, é identificado se os danos sofridos no veículo são parciais ou totais, causando perda total do veículo. Em caso de perda parcial, o carro irá efetivamente para o conserto e pode ser entregue, em média, até 30 dias após o acionamento do seguro.

Caso ocorra a perda total do veículo, a seguradora irá informar os tramites para a liberação da indenização integral do veículo, ou seja, o valor total do veículo que será ressarcido ao segurado para a compra de um novo automóvel.

5 – Faça o pagamento da franquia

Para efetivar o acionamento do seguro e iniciar o conserto do veículo, é necessário pagar o valor referente à franquia cobrada pela seguradora.

A franquia é o valor que o segurado fica responsável a pagar nos casos de sinistros em que não aconteça a indenização integral, quando há a perda total do veículo.

A franquia do seguro funciona ainda como um tipo de proteção para a apólice, o contrato entre segurado e seguradora. Esse valor garante que o segurado não acione os serviços por danos muito pequenos.

Isso ocorre, pois caso o dano causado ao veículo seja muito pequeno, pode ser que não valha a pena acionar o seguro para realizar o conserto.

Por exemplo, se houve um dano simples que em um conserto particular custaria R$100,00 reais, e a franquia da seguradora seria no total de R$150,00 reais, é preferível realizar o conserto de forma independente da seguradora.

Portanto, para acionar a seguradora após uma colisão, é preciso manter a calma e seguir todos os passos mencionados a cima para que a situação seja resolvida da melhor maneira possível.

Gostou desse post e quer saber mais sobre o mundo automotivo? Então acesse o nosso site e encontre a melhor plataforma do Brasil Consultas e realize consultas veiculares para localização de veículos pela placa ou chassi.

Sending
User Review
5 (1 vote)

Brasil Consultas

Sistema Online de consultas de dívidas e informações cadastrais de CPF, CNPJ e Veículos.